segunda-feira, 12 de março de 2018

Fechamento Fevereiro /18 (virando o jogo)

Estou um pouco atrasado com o meu fechamento devido a problemas na internet e falta de tempo mesmo. Mais um fechamento mensal, o segundo desde que comecei a jornada da virada do jogo. Aos poucos eu vou colocando a casa em ordem. Como todo objetivo de longo prazo, o mais importante são os pequenos passos dados diariamente e o monitoramento. Nesse sentido, posso dizer que o primeiro passo sem dúvida foi o mais importante, e esse monitoramento aqui no blog também é fundamental para a evolução.

O mês passado tive que tomar algumas decisões difíceis, como cancelar o seguro do carro e resgatar o valor da previdência infantil dos meus filhos. Fui também contemplado pela “sorte” por estar com problemas com o plano de saúde e desta forma, eles não mandaram o boleto de pagamento, contrariando uma decisão judicial. Assim, não tive a despesa do plano de saúde, embora a qualquer momento possa precisar depositar esse valor em juízo.

Esses fatos narrados acima, em conjunto, permitiram que eu fechasse o mês “no azul”. Coloquei o azul entre aspas pois ainda tenho um valor alto a pagar de cartão de crédito, mas esses valores ainda não venceram e não estou pagando valor abaixo da fatura.


Finalmente conseguir sair do cheque especial, como já havia citado no mês passado, mas tive que fazer um grande esforço para não recair novamente nele, sobretudo no final do mês quando o dinheiro ficou bem curto. Isso foi ótimo, pois me levou a economizar de todas as formas.

Frequentando uma comunidade virtual de investidores, não ficaria bem comigo mesmo desafiando a lógica e a razão se tivesse usando dinheiro do limite para comprar qualquer coisa que não fosse extremamente necessária.

Então vamos aos números.

DÍVIDA
AMORTIZAÇÃO MENSAL 2018
MESES
JANEIRO
FEVEREIRO
MARÇO
EMPRESTIMO CONSIGNADO 1
 R$   22.816,07
 R$   22.570,60
 R$   22.282,87
EMPRESTIMO CONSIGNADO 2
 R$     4.186,66
 R$     3.983,22
 R$     3.770,83
EMPRESTIMO CONSIGNADO 3
 R$   18.100,00
 R$   18.100,00
 R$   18.100,00
CARTÃO DE CRÉDITO  (S)1
 R$     4.476,12
 R$     3.969,69
 R$     2.941,61
CARTÃO DE CRÉDITO (CX) 2
 R$         751,28
 R$         269,73
 R$      194,66
LIMITE CHEQUE ESPECIAL
 R$     3.131,76
 R$     2.979,16
 R$                  -  
SERVIÇOS ADVOGADO
 R$         666,00
 R$         333,00
 R$                  -  
SEGURO AUTOMÓVEL
 R$     1.200,00
 R$         900,00
 R$                  -  
ROUPAS
 R$         600,00
 R$                  -  
 R$                  -  
















SALDO DEVEDOR MENSAL
 R$   55.927,89
 R$   53.105,40
 R$   47.289,97
VARIAÇÃO PERCENTUAL UM MÊS PARA O OUTRO
FEVEREIRO
MARÇO
ABRIL
5,31%
12,30%
#DIV/0!
PERCENTUAL DO VALOR ORIGINAL
5,31%
18,27%
#DIV/0!

As dívidas tiveram uma redução razoável em relação ao mês passado e também em relação ao inicio da jornada. Na parte de baixo do gráfico eu coloquei o percentual de diminuição das dívidas comparando com  o valor que estava devendo em Janeiro de 2018 e o valor atual, bem como, uma comparação do mês atual com o último mês. Desta forma, as dívidas diminuíram 12,3% em relação à Fevereiro e 18,27% em relação ao início da jornada. Em termos nominais de valores, foi uma redução de  R$ 8.637,92 do início para esse mês, e uma redução de R$ 5.815,43 do mês passado para o atual. Excelente resultado!

Estou muito contente com os resultados obtidos até aqui, e não canso de frisar que sem esse blog e o auxílio das pessoas que comentam e dão sugestões, nada disso seria possível. 

Se não tivesse me engajado nessa jornada da virada do jogo, com toda certeza ainda estaria pagando juros do cheque especial e nem em sonhos teria reduzido as minhas dívidas em mais de oito mil reais em apenas dois meses de monitoramento.

Agora vamos ao orçamento doméstico.

Jan
Fev
Receita Mensal
R$ 5.532,63
R$ 7.918,28
R$ 9.052,98
Moradia
R$ 500,00
R$ 500,00
R$ 500,00
Diarista
R$ 500,00
R$ 500,00
R$ 500,00
Mensalidade escolar
R$ 502,00
R$ 558,00
R$ 502,00
Despesas fixas
R$ 1.502,00
R$ 1.558,00
R$ 1.502,00
Utilidades moradia
R$ 420,00
R$ 407,07
R$ 379,17
Cobrir Limite Cheque
R$ 3.131,76
R$ 3.031,16
Comunicação
R$ 105,00
R$ 35,00
R$ 143,14
Transporte
R$ 450,00
R$ 283,20
R$ 456,83
Consumo moradia
R$ 1.500,00
R$ 1.560,87
R$ 1.417,57
Planos de Saúde
R$ 630,40
R$ 630,40
R$ 140,00
Farmácia
R$ 100,00
R$ 236,50
R$ 348,00
Lazer
R$ 100,00
R$ 128,00
R$ 75,34
Previdência Crianças
R$ 158,05
Acessórios / eletros
R$ 322,22
R$ 214,12
Roupas e sapatos
R$ 727,29
R$ 434,86
Seguro Vida e Carro
R$ 313,61
R$ 13,00
Manutenção Pessoal
R$ 180,00
R$ 200,00
R$ 60,00
Manutenção Carro
R$ 50,00
R$ 20,00
Taxas bancárias
R$ 26,00
R$ 378,42
R$ 264,58
Brinquedos crianças
R$ 380,39
R$ 142,50
Livros
R$ 17,06
R$ 17,90
Advogado
R$ 333,00
R$ 333,00
Diversos
R$ 66,60
R$ 26,50
presentes
R$ 80,00
Despesas variáveis
R$ 3.511,40
R$ 9.359,44
R$ 7.517,67
Total despesas
R$ 5.013,40
R$ 10.917,44
R$ 9.019,67
Resultado Mensal
R$ 519,23
-R$ 2.999,16
R$ 33,31
Saldo inicial
R$ 0,00
-R$ 2.999,16
Investimentos / Resgates
R$ 0,00
Saldo final
-R$ 2.999,16
-R$ 2.965,85


Tive que fazer algumas alterações no orçamento doméstico, aumentando o limite de gastos de algumas modalidades que não estavam condizentes com a minha realidade.

Com a entrada do valor da previdência das crianças no caixa deu pra cobrir o limite do cheque especial e fechar o  mês no azul, com uma sobra no orçamento de R$ 33, 31.

Esse valor representa muito mais para mim, a tranquilidade de terminar o mês e saber que você não está atolado no limite do cheque especial é uma sensação muito gostosa. Estou me sentido muito orgulhoso de mim mesmo.

A felicidade é relativa. Eu estou aqui, com dívidas de 47 k , e me sentindo o máximo porque conseguir chegar ao final do mês sem utilizar o limite do cheque especial, a vida é isso. Mas a saga continua e o jogo ainda está muito longe de ser virado. Numa suposição, eu estava perdendo o jogo por 7x0, agora consegui marcar o meu primeiro gol. Tenho que marcar mais sete gols para virar esse jogo.

Acompanhem os próximos lances de jogo.

16 comentários:

  1. Olá, AVJ.

    Parabéns pelo comprometimento com a melhoria da sua situação financeira. Parabéns tbm pelo resultado, cada vez vc se torna uma pessoa livre desses grilhões modernos.

    Com certeza, se manter essa postura, em um ano estará com alguma grana investida e rendendo juros a seu favor.

    Abraço e sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado C.I.

      Você é um dos que mais tem me ajudado nessa jornada!

      Forte Abraço.

      Excluir
  2. Parabéns pela caminhada. Sigo acompanhando.

    só um detalhe: o título diz "Fechamento Março" mas deveria ser Fevereiro, não?

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jardineiro,

      Muito obrigado pelo comentário e por está acompanhando a minha saga. Obrigado também pela observação do titulo, você está certo, é o fechamento de fevereiro/18, já corrigi lá.

      Abraços.

      Excluir
  3. AVJ,

    Dei uma olhada nas suas postagens mais antigas e vou dar alguns pitacos, espero que possam te ajudar.

    Pra início de conversa você tem um bom salário e mesmo sustentando uma família com filhos suas despesas não são exorbitantes. Eu tenho certeza que é uma questão de (pouco) tempo e educação financeira para você quitar todas as dívidas. É bem possível que você entre em 2019 com apenas um resíduo de dívida e já fazendo aportes em investimentos.

    Mas suas tabelas são bem confusas. Se para você está funcionando, então ótimo!, mas, sinceramente, eu olho para elas, tenho uma ideia geral mas não sei muito bem para onde vai seu dinheiro. Na tabela do orçamento tem uma parte do limite do cheque especial mas e as outras dividas? Esse valor de receita já inclui o desconto do consignado? Essas dívidas do cartão são do rotativo? Você continua usando esses cartões para as despesas habituais?

    Se você não vai pagar esse saldo devedor de cartão de crédito já agora eu acho que deveria contratar um consignado com juros melhores para quitá-la o mais rápido possível. Os juros são altos demais, não vale a pena esperar.

    O melhor seria, aliás, trocar essas diversas dívidas por uma só. Também faz parte do saneamento financeiro reduzir o número de dívidas porque facilita o controle. Tente conversar com seu gerente e transformar os três empréstimos consignados e as duas dívidas com cartão em um único empréstimo consignado. Você tem um salário que permite uma boa margem de desconto. Trocar por uma dívida mais pagável também é interessante para o banco. É claro que isso só é vantajoso se você conseguir o novo empréstimo com uma taxa de juros que não seja maior do que as anteriores.

    Você recebeu uma receita maior do que a esperada em janeiro e fevereiro? Fevereiro inclui o saque da previdência das crianças? Isso vai continuar ou deve voltar ao normal nos próximos meses?

    Acho que você pode ver se há gordura para queimar nessas despesas mensais. É claro que não é bom diminuir o estilo de vida, mas seria temporário e diante de uma situação excpecional.

    Dá para diminuir as idas semanais da diarista? Diminuir as contas de luz e água? Trocar o plano de celular? Diminuir os gastos com o tranporte deixando o carro mais em casa e usando o transporte público? É claro que isso impõe um esforço coletivo da família.

    Alguns gastos seus me chamaram a atenção:

    - Consumo moradia: eu vi que você já reviu as expectativas para cima mas é seu maior gasto então qualquer economia aqui vai impactar todo o resto. Uma dicas que às vezes funcionam: pesquisar preços e planejar as compras com antecedência; deixar as crianças em casa quando for no mercado; comprar o máximo possível na feira; aproveitar promoções (cuidado com a validade dos produtos!);

    - Acessórios / eletros: não estava nem na sua lista de previsãoe e já tomou mais de 500 reais nesse ano...

    - Roupas e sapados: isso é a amortização da dívida anterior? Se for, tudo bem. Se forem novos gastos, cuidado! Mais de mil reais em dois meses é dinheiro demais.

    - Taxas bancárias: são altíssimas!!! Nesse item está incluído o pagamento de algum juros de dívida? Se não, você deve rever esse pacote de serviços bancários o mais rápido possível.

    Se entre utilidade moradia, comunicação, transporte, consumo moradia, lazer, acessórios/eletros, roupas e sapatos e taxas bancárias você conseguir economizar 20% já são mais uns R$ 700,00/mês (em comparação com fevereiro) para amortizar essas dívidas.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Jardineiro,

    Você fez uma verdadeira auditoria em minhas Finanças..rss

    Primeiro quero te agradecer por disponibilizar esse tempo para fazer a análise nas contas, e saiba que esse "pitaco" é muito bem vindo.

    Vamos então tentar responder as questões levantadas.

    "Mas suas tabelas são bem confusas. Se para você está funcionando, então ótimo!, mas, sinceramente, eu olho para elas, tenho uma ideia geral mas não sei muito bem para onde vai seu dinheiro."

    Eu acho que a tabela de amortização das dívidas até que está clara, mas realmente a tabela do orçamento doméstico e a interpretação das duas tabelas está confusa sim.Essa confusão de certa forma reflete a situação das minhas finanças e talvez também não tenha sido muito feliz na escolha da planilha.

    “Na tabela do orçamento tem uma parte do limite do cheque especial mas e as outras dividas? Esse valor de receita já inclui o desconto do consignado? Essas dívidas do cartão são do rotativo? Você continua usando esses cartões para as despesas habituais?”

    As outras dívidas, no caso os empréstimos consignados já são descontados da receita, por isso eu não os lanço. No caso dos cartões de crédito, eu lanço na planilha a despesa conforme a categoria do gasto, se foi roupa, brinquedo, supermercado, etc. Então não existe um campo específico para cartões de crédito apenas. Essas dívidas do cartão não são do rotativo, não estou pagando rotativo de cartão de crédito, sempre pago a fatura completa, preferia usar o valor do limite. Sim, eu continuo usando os cartões para despesas habituais, pois ainda não tenho fluxo de caixa para fazer as compras á vista de supermercado e combustível principalmente.

    “O melhor seria, aliás, trocar essas diversas dívidas por uma só. Também faz parte do saneamento financeiro reduzir o número de dívidas porque facilita o controle. Tente conversar com seu gerente e transformar os três empréstimos consignados e as duas dívidas com cartão em um único empréstimo consignado. Você tem um salário que permite uma boa margem de desconto. Trocar por uma dívida mais pagável também é interessante para o banco. É claro que isso só é vantajoso se você conseguir o novo empréstimo com uma taxa de juros que não seja maior do que as anteriores.”

    Na verdade, se você observar bem, como não estou pagando rotativo de cartão de crédito, “essas diversas dívidas” são só três empréstimos consignados, pois consigo pagar a fatura do cartão com o meu salário e mês a mês essas faturas vem reduzindo. Então não acho vantagem refinanciar os três empréstimos consignados, até porque são todos da mesma modalidade consignado e não consigo a mesma taxa de juros que os fiz no passado, além de ter que pagar novamente IOF e fazer um seguro que o banco sempre vende casado.

    (Continua)

    ResponderExcluir
  5. “Você recebeu uma receita maior do que a esperada em janeiro e fevereiro? Fevereiro inclui o saque da previdência das crianças? Isso vai continuar ou deve voltar ao normal nos próximos meses?”

    Sim, Janeiro recebi as férias e fevereiro teve o saque da previdência das crianças. Isso deve voltar ao normal nos próximos meses sim. Mas tenho um capital para entrar em caixa muito em breve fruto de uma ação judicial ganha e já na fase de recebimento. Algo em torno de 28 k.

    “Acho que você pode ver se há gordura para queimar nessas despesas mensais. É claro que não é bom diminuir o estilo de vida, mas seria temporário e diante de uma situação excpecional.
    Dá para diminuir as idas semanais da diarista? Diminuir as contas de luz e água? Trocar o plano de celular? Diminuir os gastos com o tranporte deixando o carro mais em casa e usando o transporte público? É claro que isso impõe um esforço coletivo da família.”

    Estou tentando fazer tudo isso aí que você está me sugerindo, mas não é nada fácil, porque tem outras pessoas envolvidas, aí tenho que ter paciência para convencê-las a cooperar. Outra questão é que os meus filhos estão em idades de 2 e 3 anos e eu e minha esposa trabalhamos fora praticamente o dia inteiro. Nesse valor de diarista está embutido os serviços de uma babá quando necessário e os gastos com transporte englobam a gasolina gasta no mês para levar e buscar os filhos na escola, levar a esposa para o trabalho e também para eu ir trabalhar. Então usamos muito o carro, não tem como ser de outra forma no momento.

    ”- Acessórios / eletros: não estava nem na sua lista de previsãoe e já tomou mais de 500 reais nesse ano...
    - Roupas e sapados: isso é a amortização da dívida anterior? Se for, tudo bem. Se forem novos gastos, cuidado! Mais de mil reais em dois meses é dinheiro demais.”

    Tudo isso são amortizações de compras parceladas realizadas no ano passado via cartão de crédito. Desde 01 de Janeiro desse ano, não fiz nenhuma compra destes itens.

    “- Taxas bancárias: são altíssimas!!! Nesse item está incluído o pagamento de algum juros de dívida? Se não, você deve rever esse pacote de serviços bancários o mais rápido possível.”

    A única taxa bancária fixa que eu pago é 26 reais da manutenção da conta, e mesmo essa eu quero me livrar. No mais foram os juros do cheque especial que estavam me matando mesmo...rss.

    É isso aí Jardineiro. Espero que as coisas tenham ficado mais claras para você. Sua intervenção foi muito importante, reiterando algumas dicas e trazendo outras. Esse exercício de reflexão das finanças é muito importante para mim, até para que eu não descuide dos detalhes.

    Mais uma vez, meus sinceros agradecimentos por ter dedicado uma parte do seu tempo para fazer a análise dos dados. Espero que continue me acompanhando nessa caminhada!
    Um abraço!





    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela evolução, meu caro! Nesse ritmo, os investimentos estão logo ali.
    É enxugar as despesas ao máximo neste momento! boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Anô!

      Despesas são como as unhas, devem ser cortadas de tempos em tempos!

      Abraços.

      Excluir
  7. VJ,

    o Jardineiro já trouxe várias observações, eu acho mesmo que é você já está dando uma virada enorme de chave, onde tem tudo pra fechar o ano com saldo positivo.
    abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado AnÔ!

      Estou voltando ao jogo, espero contar com a sua preciosa ajuda.

      Abraços.

      Excluir
    2. Anô,

      Obrigado pelo apoio. Espero contar com você nos novos posts.
      Abraços.

      Excluir
  8. Li seu blog quase inteiro.

    Me identifiquei muito com a sua história, tenho 30 anos e meu marido 31 e temos um filho. Somos casados há 6 anos e vivíamos como você super apertados. Nossa renda líquida hoje em torno de 11 mil reais e vivíamos afundados em dívidas. Em um episódio lembro de um salário dele cair na conta em torno de 30 mil reais e não sobrar nada em questão de dias foi o pontapé para criar vergonha na cara e querer crescer. Levamos 3 anos para começar a nos reerguer, começamos em 2015 e só agora em 2018 estamos melhor, abrimos mão de muitas coisas. A participação da sua esposa é fundamental para que dê certo os seus planos.
    Nós ainda não Sabemos quase nada de investimentos, estamos formando nossa reserva de emergência.
    Boa sorte. Terá dias que deslizes vão acontecer não se culpe. Respira fundo e retoma. Boa sorte.🍀

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anôn,

      Obrigado pelo comentário. Só me faz persistir em busca de uma melhora nas minhas condições financeiras.
      Perdoe-me pela demora na resposta! Estou retornando agora para o blog.

      Abraços.

      Excluir
  9. Respostas
    1. Fala aí Parceiro !

      Desisti não!! Fiquei um tempo fora, mas agora estou de volta!

      Abraços...

      Excluir

Obrigado pelo comentário.

O Melhor dia Para Plantar Uma árvore

Fazendo uma leitura hoje de um artigo no blog do amigo Julius , me deparei com essa frase:  " O melhor dia para se plantar um...