domingo, 14 de outubro de 2018

O Melhor dia Para Plantar Uma árvore




Fazendo uma leitura hoje de um artigo no blog do amigo Julius, me deparei com essa frase:  " O melhor dia para se plantar uma árvore foi há vinte anos. Agora, o melhor dia para se plantar uma árvore é hoje."

Essa frase veio em um momento muito importante da minha vida, no qual preciso tomar uma decisão que poderá influenciar de maneira negativa ou positiva os meus próximo 20 anos.

Não plantei a árvore da educação financeira e austeridade em minha vida há 20 anos atrás e hoje colho as consequências disso: envididamento e a ausência total de patrimônio e investimentos.

Praticamente trabalhei metade da minha vida para pagar juros e jogar dinheiro na lata do lixo. 

Estou me aproximando dos quarenta anos e o meu único patrimônio é um carro popular usando. Isso é um fato.

Mas não adianta ficar no mimimi. Desde que implementei esse blog no início desse ano, eu venho tomando decisões, mudando atitudes e agindo no sentido de melhorar a situação.

Cada dia gasto lamentando o que não se fez no passado, é um dia perdido que poderia estar sendo produtivo no presente.

É certo que tive algumas recaídas no comportamento gastador antigo, mesmo depois de ter criado esse blog, mas não entrei em novas dividas e isso foi importante para mim.

Agora estou com um valor em mãos, recebido de uma ação judicial, que pode pagar grande parte das minhas dívidas de empréstimos consignados e ainda fazer uma reserva emergencial com um valor razoável, para não precisar recair em dívidas caso ocorra algum imprevisto.

Agora eu sei que, se me planejar com cuidado, poderia estar 100% livre de dívidas até o início de 2019. Isso não é devaneio, é uma realidade. Só tem apenas um obstáculo no caminho de tornar isso possível: eu mesmo!

A Vontade / necessidade de Comprar um imóvel


Para conseguir concretizar os meus planos eu preciso tirar de mim essa vontade que tenho de comprar um imóvel e me endividar ainda mais, ao invés de quitar os meus débitos.

Embora o desejo de comprar um imóvel seja quase irresistível (pago aluguel), estou me convencendo em agir pela razão e aproveitar a oportunidade de quitar as dívidas de uma vez por todas e varrer o descontrole financeiro da minha vida.

Eu cheguei a cogitar utilizar esse valor para comprar um terreno e construir futuramente.Mas pensei melhor, como posso crescer financeiramente com três empréstimos consignados corroendo o meu contracheque em quase 1300 reais por mês, sendo que vão demorar anos para serem pagos?

Identifiquei que estava (estou) com medo de pagar essas dividas e nunca mais conseguir juntar um valor desses, e perder a oportunidade de comprar um imóvel. 

Mas na verdade eu deveria ter plantado essa árvore do controle financeiro há vinte anos atrás e não ter me endividado. Como não plantei, preciso aproveitar a melhor oportunidade que é Agora, e confiar que a minha disciplina trará prosperidade nos próximos 20 anos. 

Na verdade, embora esse dinheiro dê para quitar boa parte das minhas dívidas e ainda deixar uma boa reserva financeira, ele não daria para comprar nem mesmo um bom terreno. Ou seja: eu teria que me descapitalizar totalmente e talvez ainda fazer mais alguma dívida, ao invés de me livrar das que eu já tenho. Isso seria no mínimo insanidade da minha parte.


Comprar um Imóvel para Mim ou Para os Outros?


Acredito que exista no ar essa cobrança por comprar um imóvel vinda das pessoas da família, principalmente da família de minha esposa.

Muita gente não entende como eu ganho tão bem e ainda não conseguir juntar dinheiro para comprar a casa própria, vivendo de pagar aluguel.

Parece que em lugares pequenos do interior é quase um crime não ter uma casa própria, então fica essa cobrança no ar.

Talvez essa necessidade que eu acho que tenho de comprar uma casa seja muito mais para mostrar para as outras pessoas que eu sou o fodão, que tenho casa própria.

Atualmente moro em uma casa muito boa, e pago a quantia de R$ 500 reais de alguel, o que cabe perfeitamente no meu orçamento.

Ás vezes eu vejo pessoas que ganham muito menos que eu que tem excelentes casas, até mesmo sítios e sei que isso me incomoda um pouco, mas preciso ter a consciência que essas pessoas trabalharam e economizaram muito tempo em suas vidas para chegar onde chegaram, ou seja, plantaram as suas respectivas árvores há vinte anos atrás.
Assim, só me resta plantar a minha árvore hoje e trabalhar firme para que ela dê bons frutos, nem que seja daqui há vinte anos.

E vocês meus amigos, o que acham da minha situação? Sugestões são sempre bem vindas
Abraços.
  

8 comentários:

  1. Cara esse seu post deveria ser copiado e publicado no diario oficial. Na reparticao em que eu trabalho somos em 7 pessoas. Cinco penduradas em cheque especial e dividas de pelo menos 5 anos. Uma que nao tem dividas,mas, tambem nao consegue poupar. E eu, que sou chamado de pao duro e avarento, por ter um patrimonio razoavel e nao ter dividas. Detalhe: todos na faixa dos 50 anos de idade......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois Anô

      Infelizmente a maioria dos servidores públicos está muito endividada. Como temos estabilidade, tomamos a caminho fácil das dívidas como se fosse um atalho para realizar os desejos. Mas o preço cobrado por esse estilo de vida acaba sendo bem caro: vivemos para pagar juros às instituições financeiras.

      Obrigado pela leitura e pelo comentário!

      Excluir
  2. Cara, você tem a faca e o queijo na mão, pois é funcionário público então tem uma renda estável. Agora é só ajustar os gastos para caber no orçamento. Sei que isso não é fácil, principalmente se isso envolve outras pessoas que dependem desses gastos (esposa, filhos). Mas tem que ser feito agora, é o plantio da árvore que você falou. Outra parte da equação é não ter dívidas. Para isso você tem que liquidar as existentes e não fazer mais dívidas novas. Mas pelo que você falou, faz dívidas em função de pressão social. Meu conselho é: saia fora dessa espiral de cobrança da sociedade e de família. Eu liguei o botação do "foda-se" total para o que a família acha. Esses dias tive uma conversa franca com meu pai, dizendo que não é para ele ter expectativas em relação à minha vida, pois provavelmente abandonarei a carreira no mundo corporativo em breve, para empreender e inicialmente ganhar bem menos. Essa conversa foi a melhor coisa que eu fiz. Papo reto, não deixe que as pessoas ditem os rumos de sua vida com as expectativas delas.
    Bom, o assunto é complexo e poderia focar escrevendo muito mais aqui. Meu conselho final é: dê o primeiro passo, pegue pelo menos uma linha do seu orçamento que você queira eliminar ou reduzir e se comprometa a agir logo. Quando você ver o resultado isso e motivará a mudar outras.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samurai,
      Comentários como o seu agregam muito valor para mim e me motivam a agir. Por isso que o blog vale a pena. Vou fazer exatamente como você sugeriu e ligar o botão do foda-se. Tenho consciência que estou fazendo a coisa certa, quanto a isso não tenho nenhuma dúvida.
      A sociedade de uma forma em geral está tão habituada a viver com dívidas que esse tipo de coisa se tornou "normal". Parece que vale a pena se endividar, pagar o dobro do preço por conta dos juros para ter as coisas. Pois eu vou justamente pelo lado contrário dessa lógica: vou quitar as dívidas e focar em investimentos. Esse é o melhor caminho para mim.
      Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  3. É inevitável sermos bombardeados e pressionados em todos os aspectos da vida. Cabe a nós ajustarmos nossos gastos e planejar nossas missões e metas para o futuro para que não desanimamos ao longo do tempo. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gari Advogado,
      Obrigado pelas sábias palavras. Realmente a responsabilidade pelo ajuste dos nossos gastos é exclusivamente nossa, até porque, ninguém vai bater em nossa porta oferecendo ajuda caso passemos por uma crise financeira. Digo isso por experiência própria!
      Obrigado pelo comentário !

      Excluir
  4. Para o inferno com as dívidas! Pior ainda se for para agradar aos outros.

    Seu post está coberto de sabedoria, você sabe o que fazer. Basta fazer.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I. C.

      Obrigado pelo apoio. Você falou tudo em poucas palavras. Agora é começar a agir.

      Abraços!

      Excluir

Obrigado pelo comentário.

O Melhor dia Para Plantar Uma árvore

Fazendo uma leitura hoje de um artigo no blog do amigo Julius , me deparei com essa frase:  " O melhor dia para se plantar um...